16 de ago de 2014

[Resenha] Eleanor & Park, de Rainbow Rowell

Antes de mais nada, quero falar sobre os motivos que me levaram a ler esse livro. Quem acompanha o blog e minhas resenhas, deve ter percebido que meu gênero favorito é fantasia e também gosto de ficção científica. Esses são os tipos de leitura que prefiro, mas como autor, considero importante conhecer, ao menos um pouco, de outros gêneros. Acredite, isso pode acrescentar muito a sua escrita.

Foi com essa disposição que decidi procurar um romance e o escolhido foi Eleanor & Park, de Rainbow Rowell. O livro é ambientado na década de 1980, a trama se passa num subúrbio americano e conta a história de um inusitado casal adolescente.

Eleanor é uma ruiva acima do peso, sofre de baixa auto-estima e tem o hábito de andar desarrumada. Mora com uma família grande em uma casa pequena e ainda precisa lidar com um padrasto alcoólatra e violento. Já Park é um mestiço de feições orientais e espírito rebelde. Sua mãe é uma cabeleireira sul-coreana e seu pai é um ex-militar norte-americano, que parece sempre insatisfeito com o filho, embora seja quem mais o apoie nos momentos críticos.

De início, Eleanor e Park mal olham na cara um do outro, isso apesar de sentarem juntos no ônibus escolar. A relação começa a mudar quando ele percebe o interesse da moça em suas revistas dos X-Men.

O que mais me chamou a atenção nesse livro é a sobriedade. Não há o lirismo que se poderia esperar em uma obra do gênero. Nada de amor à primeira vista, brilho no olhar ou outras alegorias românticas. O maior mérito do livro está na maneira como a autora vai construindo aos poucos a relação do casal principal, em meio a pressões familiares e bullying.

Como dá pra perceber, Eleanor & Park não é só um romance, mas também um drama do tipo slice of life.

A narrativa é em terceira pessoa, mas sempre pelo olhar de um de seus protagonistas. As transições são marcadas pelos uso dos nomes de Park ou Eleanor como subtítulo. Essas mudanças de foco são constantes, chegando  a acontecer várias vezes dentro de um mesmo capítulo. Esse recurso dá um estilo diferenciado à narrativa, mas alguns leitores podem se sentir incomodados com uma alternância tão frequente de ponto de vista.

Para encerrar, Eleanor & Park é um livro que vale a pena ser lido por apresentar um romance cativante e, ao mesmo tempo, melancólico. Vale ainda como uma visita aos anos 80. Mais que recomendado!

ELEANOR & PARK
Autora: Rainbow Rowell
Páginas: 328
Editora: Novo Século
Lançamento: 2013

Nenhum comentário:

Postar um comentário