18 de abr de 2011

[Dicas para escrever] Elaborando um Projeto - parte 1

Então, depois de tanto treinamento você finalmente aperfeiçoou seu traço? Refinou seu roteiro até ser capaz de contar boas histórias que todos vão querer ler?

Isso é muito bom! Quer dizer que você está pronto para o próximo passo: enviar um projeto. Mas nesse momento pode pintar uma questão elementar. Como é que se faz um projeto?

O projeto, ou proposta é a ferramenta usada pelos autores para apresentarem uma nova história ou série para uma editora. Seria impossível para os editores se todos enviassem HQs completas. A proposta permite que a editora possa analisar a história, estudar os personagens e avaliar se o trabalho é consistente. Em resumo, o projeto é algo da maior importância.

Por experiência própria, eu sei que esse tipo de informação é muito difícil de ser encontrada para os novos quadrinhistas. Por isso mesmo, quero trazer até vocês um exemplo de um projeto que eu elaborei há algum tempo.

A história em questão é intitulada A Odisséia de Ulisses, baseada na obra de Homero. Uma HQ que não foi aprovada, mas mesmo não tendo vingado, acredito que essa proposta permite que a gente possa debater sobre o tema, aprender um pouco mais sobre as regras e ver o que não se deve fazer, ora essa :P

De início, aqui vão algumas considerações:

- não importa quantos membros façam parte da equipe, elaborar a proposta é trabalho do roteirista, pois é ele quem melhor conhece as referências, simbologias e rumos da história.

- antes de enviar um projeto, olhe para a sua obra com cuidado. Seja auto-crítico. Saia do papel de autor, imagine que você é um leitor que encontrou a HQ na banca e pergunte a si mesmo se compraria esse material. Responda com sinceridade, hein?! 

- sim, vamos generalizar. Aqui vamos falar sobre elementos em comum, mas cada editora tem suas próprias regras, e você deve conhecê-las.

- também é importante que o seu material esteja de acordo com a linha editorial. Se eles só publicam mangá, não envie um comics. Se a editora é especializada em obras infantis, trate de limpar esse sangue.

- não pense nisso como um guia definitivo. Certamente, quadrinhistas mais experientes podem apontar vários defeitos no meu projeto. O meu objetivo é ajudar os novos autores a terem uma melhor noção do que fazer nessa hora.

Bom, como esse post já está muito longo, no nosso próximo episódio vamos, enfim, elaborar a tal proposta. Até!

2 comentários:

  1. Valeu pelas dicas , é único blog que encaminha para o ponto certo, na criacão de roteiros. Depois de ler o próximo tópico pensarei de fazer meu roteiro. valeu!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelos comentários Luis!

      Boa sorte com seu projeto e se precisar de uma força é só chamar.

      Excluir