25 de mar de 2010

Kodama DF 2010 - novidades


Muitas novidades no site do Kodama DF.

Kodama DF 2010 (acesse o site oficial)

Novas atualizações sobre os convidados, zines participantes e convites, entre outras coisas. (veja a lista de novidades)

Mais informações sobre a oficina de roteiro que eu irei ministrar, como tópicos, faixa etária e material. (veja mais detalhes da Oficina de Roteiro para HQs)

O evento acontece em Brasília-DF nos dias 29 e 30 de maio, das 11h ás 21h nas dependências da UNIP.

16 de mar de 2010

HQ: A Caveira

Depois de um tempo, finalmente estou postando outra HQ desenhada aqui no blog. Trata-se de A Caveira, que foi desenhada por Israel de Oliveira.

Álias, fiquem ligados, que em breve, eu devo aparecer com um novo projeto para as HQs do blog.

Myebook - A Caveira - click here to open my ebook

E aqui está o roteiro original.

A Caveira

12 de mar de 2010

Ortografa!


Aqui vai uma dica pra quem ainda não se adaptou as novas regras da língua portuguesa.

O Ortografa é uma ferramenta on-line onde você pode escrever blocos de texto de até 500 caracteres e fazer uma correção de acordo com a nova grámatica. (Clique aqui)

Mas não se esqueçam, assim como o corretor do Word, o Ortografa não é 100% infalível, e só corrige erros de grámatica. Ainda cabe a você a tarefa de evitar frases mal-elaboradas.

As velhas regras do português ainda valem até janeiro de 2012, depois disso, só valem as regras da reforma.

9 de mar de 2010

E o Oscar vai para...


Depois de 1 semana de férias forçadas, o blog está de volta as atividades.

Quero aproveitar agora enquanto o assunto ainda está quente pra falar sobre o Oscar 2010. Pra começar, como tantos outros fiquei surpreso em ver a fúria de Rubens Ewald Filho quando o prêmio de melhor filme não foi para Avatar, e sim para Guerra ao Terror.

Antes, quero dizer que, na minha humilde opinião, quem realmente merecia levar a estatueta era Bastardos Inglórios. Apesar de tratar de um tema usado várias e várias vezes: a Segunda Guerra Mundial, o longa de Quentin Tarantino foge do óbvio desde a primeira cena, já com a participação genial de Christoph Waltz. Outro exemplo disso é a personagem Shosanna, interpretada por Mélanie Laurent. Em qualquer outro filme, Shosanna seria o interesse romantico de Aldo Rayne (Brad Pitt), aqui os dois nem mesmo se encontram e Tarantino tinha outros planos para a moça. Isso sem falar dos ótimos diálogos do filme.

Mas voltando à Avatar. Me surpreende essa crítica raivosa do Rubens, desde quando filme caro é sinônimo de filme bom? Avatar é bom filme e funciona muito bem como diversão descompromissada, mas pra mim, não passa disso. O filme ganhou os prêmios que merecia ganhar, os técnicos. Ninguém questiona que o visual e a construção do mundo de Pandora são espetaculares, mas e o roteiro? A história de Avatar é uma coleção de clichês e fórmulas repetidas, sem o visual embascante não se sustentaria.

Já sobre Guerra ao Terror, acho que o Oscar de melhor direção vencido por Kathryn Bigelow é bem merecido, ela realmente faz um trabalho esmerado. Por outro lado, eu acho que se não fosse pelo americanismo, dificilmente Guerra ao Terror teria vencido como melhor filme, até porque, assim como Avatar trata-se de uma mera repeticão de fórmulas já testadas.