28 de jul de 2012

Light Novels - outra forma de contar histórias


"Muito bem, garoto, está pronto para continuar?"

"Sim, por favor me ajude realizar meu sonho de ser o maior autor do mundo, mestre!"

"Pois bem. Se lembra do que falamos na última aula?"

"Falamos sobre mangá e anime."

"Certo. Hoje vamos falar sobre uma terceira mídia japonesa, tão popular quantos os mangás e animes."

"Tão popular assim!? E que mídia é essa?"

"São as light novels."

"Light novels?! Me conte mais, mestre."

"Trata-se de um tipo de junção da literatura com desenhos em estilo mangá."

"Como assim?"

"Aqui mesmo temos um bom exemplo: um texto acompanhado de uma ilustração."

"Ei, somo nós ali em cima no desenho feito pela Yumi Moony!"

"Uma light novel conta uma história com texto e narrativa semelhantes à literatura convencional, mas também traz ilustrações de mangá. Normalmente, os desenhos são de página intera."

"Então é um tipo de livro ilustrado?"

"É possível definir dessa forma, mas uma light novel tem suas próprias características. Como um maior enfoque nos diálogos, por exemplo."

"Interessante! E não há narrativa, mestre?"

"A narrativa tem seu próprio estilo também, mais voltada para a ação do que para a descrição."

Com a garganta seca o professor, foi até o bebedouro. O aluno permaneceu em seu lugar rabiscando.

"E então, garoto. Tem alguma dúvida?"

"Me diga, mestre: como são as histórias de uma light novel?"

"Boa pergunta! As light novels se aproximam muito dos mangás e animes, por isso lidam com os mesmos temas. Mostram diálogos e cenas parecidas e por aí vai."

"Os gêneros também são os mesmos, como shonen e shoujo?"

"Exatamente, garoto! Na verdade, muitas light novels se tornaram animes."

"Sério? Eu não sabia disso. Quais?"

"São muitos exemplos. Shakugan no Shana, Toradora, The Malancholy of Haruhi Suzumyia."

"Mestre, isso é muito legal!"

"E estes são apenas alguns títulos. Há muitos outros: Full Metal Panic, Baccano, Slayers, Kino no Tabi... na verdade e lista é imensa!"

"Agora fiquei com vontade de ler uma dessas."

"Infelizmente, garoto, poucos títulos foram lançados no nosso país, como Another Note, Gravitation e Tarot Cafe."

"Ah! Que pena, mestre!"

"Mas nem tudo são más notícias. Já tivemos uma light novel brasileira publicada pelo selo Infinitum da editora Oráculo: Elementais - O Receptáculo do Caos, de Rafael Pombo."

"Beleza! Vou correndo ler Elementais!"

"Bom, você ainda tem alguma dúvida?"

"Já entendi o que é uma light novel, mas ainda não sei porque o Joe de Lima fez um texto tão longo sobre esse assunto."

O professor coçou o queixo.

"Humm. Isso pode significar que os boatos são verdadeiros."

"Que boatos?"

"De que a editora Oráculo, através do selo Infinitum reuniu um grupo de autores para um projeto sem precedentes no Brasil."

"E que projeto tão revolucionário é esse?"

"Uma antologia de light novels!"

"Incrível! E o que nós vamos fazer, mestre?"

"Ora, garoto. Vamos esperar. Esperar e ler. Pressinto que grandes histórias vêm por aí!"

14 de jul de 2012

Audiobook - Drácula Eternamente

Drácula Eternamente é um projeto da rádio Digital Rio como parte da iniciativa 100 Anos Sem Stoker. Trata-se de um audiobook com 5 contos envolvendo o vampiro mais famoso de todos os tempos. E o que é melhor: está disponível para download gratuito.

Você pode baixar o Drácula Eternamente visitando a página do livro no blog Contos Sobrenaturais, onde também há o link para um ebook com um conto extra e curiosidades sobre Bram Stoker.


Organização: Anny Lucard
Prefácio: Georgette Silen
Contos:
Quando Conheci o Conde Drácula - Vivianne Fair
O Velho Strigoi - L.A. Slusarski
Amor Selado Pelas Trevas - Carla Witch Princess
Batismo de Sangue - John Lennon Smith

Contos Sobrenaturais também é o nome de um programa da Digital Rio que vai ao ar de sexta p/ sábado à meia-noite. A rádio já havia lançado o audiobook Vampiros de Alma em novembro de 2011.