26 de jan de 2012

Quadrinize: Chamada para HQs ativistas

"Hoje venho apresentar uma proposta que nasceu devido aos últimos acontecimentos. Creio que todos já estejam cientes de que vivemos tempos de guerra contra a opressão e a ganancia dos que desejam acabar com o resquício de liberdade que ainda temos. Estamos presenciando eventos históricos. AI5 Digital, Marco Civil da Internet, prisão de Julian Assange, SOPA, PIPA, ACTA, Pinheirinho, super popularização do movimento Anonymous. Temos algumas pessoas que já se comprometeram e começaram a produzir, mas precisamos de mais. Muito mais. Precisamos de todos vocês..." [continue a leitura]

24 de jan de 2012

Antologias Estronhas

Continuando com a série de postagens sobre as novas antologias em aberto, hoje vamos falar da editora Estronho, que nesse momento, tem nada menos do que 5 antologias. Veja aí qual te interessou mais e boas escritas!

Um assunto tão repleto de simbolismo, magia, crueldade... Então proponho aos autores que se aventurarem, numa época passada, pelos cômodos de uma casa, que depois de muito tempo abandonada, pessoas chegam para habitá-la... Nada de bom escondem essas paredes, lembrem-se que casas têm atmosfera, guardam nelas o passado e quando menos se espera, ele volta e presenteia os moradores com as atrocidades cometidas algum dia e, por motivos explicados, manipulam essas pessoas, que sofrem toda sorte de pesadelos reais... [continue a leitura]

Após a Segunda Guerra Mundial as nações envolvidas não sabiam o que fazer com um grande problema que lhes restou: homens, mulheres e animais que antes e durante o conflito foram tratados como meros objetos de pesquisa. As mais diversas atrocidades eram escondidas sob o tapete de cada país como se os líderes de outras nações não soubessem... mas sabiam. Quando os ânimos começaram a se acalmar e a vida lentamente voltou ao seu rumo, ao seu cotidiano, uma cúpula de homens poderosos se reuniu secretamente para tentar responder a pergunta: o que fazer com os filhos da guerra? [continue a leitura]

Embora Al Capone esteja no título dessa antologia, ele e a máfia italiana que agia no Estados Unidos nas décadas de 1920/1930 servem aqui apenas como referência. O que realmente almejamos para esse livro, são histórias envolvendo mulheres poderosas no controle de familias mafiosas dentro ou fora dos Estados Unidos. Como seriam os negócios sujos, sob o comando delas? E o quanto seriam cruéis com seus inimigos ou traidores? E para que as histórias fiquem ainda mais carregadas da alma feminina, somente serão aceitos contos escritos por mulheres. [continue a leitura]

A Série Terrir tem como proposta misturar elementos fantásticos e personagens clássicos, com muito humor e clichês a dar com o pau... Isso mesmo! Clichês serão muito bem-vindos nos contos e quadrinhos que serão selecionados para esta série. Você poderá participar com um conto, com quadrinhos ou ainda com os dois. Cada volume tem seu tema específico. Tem uma ideia legal e não sabe desenhar nem boneco palito? Forme uma dupla com algum ilustrador e deixe seu lado cômico fluir, mesmo que seja extremamente ridículo, bobo e claro... super clichê. [continue a leitura]

Bem-vindo ao Centro Psiquiátrico Machado de Lucas. Com seus duzentos e cinquenta anos de existência, é considerada a detenção mais temida do país, abrigando o pior tipo de loucos que o Brasil pode oferecer. Eu o convido a guardar sua sanidade numa caixa com objetos cortantes e inflamáveis e dê ao guarda antes de entrar. Ouça atentamente às minhas instruções. Retire brincos, anéis, canetas – nada que possa ser usado como arma pode entrar aqui. Ordem direta da Dra. Alessandra Guimarães, a diretora-chefe desta instituição macabra. [continue a leitura]

17 de jan de 2012

[Resenha] Deuses

Deuses é mais uma antologia da editora Infinitum Libris. A proposta é apresentar contos usando entidades mitologicas como personagens.

É um livro que passou por muitos problemas durante a pré-produção, que não comento por não estar totalmente familiarizado. Além disso, obstáculos a parte, o que realmente interessa aos leitores é o material que vai chegar às suas mãos, certo? Por isso, vou análisar como leitor, deixando essas questões um pouco de lado.

Deuses é um e-book disponível para download gratuito em formato .epub. A primeira coisa que me chamou a atenção foi o pequeno número de páginas do arquivo: apenas 67. Bem menos do que outras antologias (das quais eu participei, pra quem não se lembra) como Lugares Distantes (108 págs.) e PsyVamp (118 págs.), isso apesar de serem 11 contos.

Quanto à apresentação, achei uma ótima ideia acrescentar ilustrações no começo dos textos. As imagens foram muito bem escolhidas e ajudam a dar o clima da leitura. Por outro lado, temos um certo número de erros de português. Nada grave, no geral, exceto pelo título do conto O Avesso do Exemplo, que aparece grafado com apenas um "s". É uma pena que, ao contrário de outras antologias da Infinitum, dessa vez não temos as biografias dos autores, já que essa era uma informação bem interessante.

Sobre os contos em si, a qualidade dos textos varia bastante, indo do excelente ao semi-amador. Os que mais destacaram, tanto na forma quanto na execução são os seguintes:

A Conspiração das Musas, de Gustavo Silva Matos: o conto possui um belo tom liríco e apresenta uma reflexão muito interessante sobre religião e fé.

Canção Pra Você Viver Mais, de Gian Danton: simples e bonito. Mesmo sem usar recursos complexos, trás uma história de amor cativante em uma trama direta e linear. (meu lado fã adorou a referência ao Pato Fu).

O Avesso do Exemplo, de Sarah Micucci: um conto interessante e curioso: em ritmo de fábula apresenta uma trama chocante de guerra e violência, lembrando os perigos desse caminho.

O Homem e as Araras, de Roberta Spindler: o que gostei desse conto foi a criatividade e o cenário diferente. Apesar de simples, a trama consegue prender a curiosidade do leitor.

Louva-a-Deus, de Ramon de Souza: com um estilo de prosa, temos uma mensagem extremamente atual sobre como a vida moderna pode nos fazer esquecer da espiritualidade.

Entre os demais, há alguns contos com nível razoável (e tem gente experiente nesse grupo) e outros que carecem de tramas e personagens melhor definidos.

Somando os prós e contras, Deuses não é a melhor publicação da Infinitum, mas sim, vale a pena uma conferida pois temos um bom número de contos de boa qualidade.

12 de jan de 2012

Antologias: Terra da Magia e Eu, Monstro

O ano começou com muitas antologias interessantes abertas. Já seria muito material para apresentar aqui, e com as férias do blog então... pra começar a colocar tudo em dia, eu decidi separar por editora, vamos começar com a Infinitum.

Nas próximas postagens vamos conferir as propostas de outras editoras.

Todo mundo sabe que existe um mundo repleto de elfos, bruxas, dragões, ornitorrincos… mas NINGUÉM sabe que ligação eles têm com o saci, curupira, mapinguari…!!!
Uma ligação que pode estar em outra dimensão, planeta, embaixo da cama ou até mesmo ali, dentro daquele armário.

Terra da Magia é algum lugar localizado no norte do Brasil. Por alguma razão que só os deuses, e quem sabe algum mago sabem, criaturas mitológicas do mundo inteiro se encontram com os personagens do nosso folclore nacional... [continue a leitura]

Todos já sabem que monstros existem. O problema é que não queremos admitir. Aliás, há mais deles do que você imagina. Neste exato momento. No mundo todo.

Muitos estão presos no porão de suas casas ou escondidos no armário. Outros foram abandonados em lugares distantes ou atirados em rios para morrerem rápido. Muitas vezes pelas próprias famílias.
Alguns nascem com alguma mutação genética ou a desenvolve na adolescência, ou é “fruto da imaginação” de alguém. Outros ainda podem ter sido vítimas de experiências fracassadas, não importa!

São crianças (ou não) que foram escondidas pela família (biológica ou adotiva) por medo, vergonha, crenças religiosas… e precisam sobreviver... [continue a leitura]

10 de jan de 2012

Começando o Ano

É isso, ae! Chega de sedentarismo! Hora de espantar a preguiça e abrir os trabalhos em 2012, o ano em que o mundo não vai acabar (ah, essa tira saiu do blog Plano Beta).

O ano passado foi bem positivo, tanto na carreira (apesar de alguns tropeços), quanto na vida pessoal, por isso a expectativa para esse ano é grande. Finalmente ingresso (com muito atraso, devo acrescentar) na vida universitária. A partir de fevereiro, é caderno na mão e de volta a sala de aula.

Sobre os projetos, tenho muitas ideias em mente, mas prefiro ir com calma nessa hora. Uma coisa que aprendi com o tempo é só falar quando tudo já está bem encaminhado, se bem que dá pra falar um pouco:

Um projeto que já comentei por alto uma vez ou outra é sobre uma antologia da Infinitum que envolve vários autores. É um livro que já está em desenvolvimento há algum tempo, 6 ou 7 meses se não me engano e no momento está bem devagar. Acredito que, se acontecer mesmo, o resultado será realmente incrível, por isso espero que dê certo.

Os contos continuam a todo vapor! Álias, são tantas antologias legais abertas que chega a ser difícil ter tempo pra falar de todas, acho até que vou criar um tópico especial falando de tudo.

Quanto aos  projetos de quadrinhos, é melhor ir devagar. Tenho trabalhado em alguns novos projetos, mas como nunca se sabe quando uma proposta de HQ vai emplacar, vamos esperar pra ver.

E chega, que essa postagem ficou bem maior do que eu esperava! Tomara que 2012 sejá um bom ano pra todos! Vamos à luta...